domingo, 7 de abril de 2013

"JOTA" ou "JI" de João

Ainda em 2010 meu filhote João cursando o Grupo 5 da Educação Infantil foi acometido por uma não vontade de ir à escola, chorando sempre que o acordava  convidado-o para nos arrumarmos e ir até a escola. Preocupada com tal comportamento fui até a escola saber o que estava acontecendo. Nosso diálogo se deu desta forma:
Marcília: - Oi Fabiana!Bom dia!Olha Fabiana João tem chorado pra vir pra escola e insiste em dizer que não quer ir e quer ficar comigo, tá acontecendo alguma coisa, você tem percebido alguma mudança no comportamento de João?
Professora Fabiana: - Olhe Marcília aqui na sala na hora da rodinha João não tem participado e quando participa não reconhece nem a letra de seu nome.
Marcília: - Como é que é?!João não conhece o Jota?!Como assim?!
Fabiana:- Ele fala que a letra do nome dele é essa "jota", mas tá errado o nome da letra é "Ji". É que você fica falando errado e daí ele tá aprendendo errado.
Marcília: - ERRADO!!!Olha Fabiana se nós pais de João não tivessêmos conhecimento suficiente até permitiria você falar isto, mas temos conhecimento o bastante e NÃO FALAMOS ERRADO, SIMPLESMENTE TEMOS SOTAQUE PERTINENTE AO FATO DE SERMOS PERNAMBUCANOS. Pois para mim o jota só era ji na letra da música O ABC DO SERTÃO DE LUIZ GONZAGA. - Fui embora revoltada, meu filho vinha sendo exposto diante dos coleguinhas e sua auto-estima vinha sendo minada  devido a ignorância da professora em entender que não existe um único falar e sim diversos. Ao chegar em casa peguei o dicionário Aurélio, peguei também o notebook de brinquedo de João e em todas estas fontes o JOTA era JOTA. No dia seguinte nos dirigimos até a escola para apresentar nossos argumentos e acabar com este bombardeio contra nosso menino, nossa cultura e sobre nós mesmos. Chegando a escola fomos dirigidas a sala da coordenadora que nos disse que o jeito "com ji" era João aprender a forma que eles trabalhavam e passar a falar correto. Ainda assim apresentamos nosso material e argumentos e diante de nossa indignação fomos obrigados a ensinar a João o "ABC DO SERTÃO". Pois esta é a metodologia adota na Educação Infantil em Salvador. Como estratégia para também aprendermos o novo alfabeto fui colocando post-it pela casa e logo fomos aprendendo esta particularidade soteropolitana e dando muitas risadas!!!! Vejam vocês como é o alfabeto na Bahia.

Um comentário:

  1. Oi, é que a letra é jota, mas o som dela é jjjjjjj. Se diz Jjjjoão, entendeu? Método Fônico de ensino. Amei seu blog. Bjs

    ResponderExcluir